domingo, 22 de julho de 2018

Encontro de mulheres munduruku reafirma caminho da luta

Retirado do Jornal A Nova Democracia em

Encontro de mulheres munduruku reafirma caminho da luta

Entre os dias 8 e 11 de julho foi realizado o 3º Encontro das Mulheres Munduruku, que ocorreu na aldeia Patauazal, na Terra Indígena Munduruku. Elas discutiram sobre as ameaças e ataques realizados contra o seu povo, bem como a necessidade de fortalecer as organizações indígenas para avançar na defesa do seu território tradicional.
Ao longo dos três dias as mulheres munduruku denunciaram o conluio entre o velho Estado, o latifúndio e os monopólios locais e estrangeiros contra os direitos dos povos indígenas. Barragens, ferrovias, garimpos, hidrovias, madeireiras, mineração e portos foram algumas das ameaças listadas por elas.
“Nunca vamos parar de lutar pelo nosso rio e pelo nosso território livre dos projetos de morte. Estamos defendendo o rio que é como nosso leite materno que damos todos dias para nossos filhos. A terra é nossa mãe, temos respeito e nunca vamos negociar.”, diz trecho da carta divulgada ao final do 3º Encontro.
As indígenas reafirmaram o caminho da luta, de avançar na autodemarcação e autodefesa da TI Munduruku. Elas também frisaram a importância de fortalecer a aliança com outros povos indígenas, como os ribeirinhos e os camponeses.
“Vamos seguir o caminho da autonomia do nosso povo para manter o nosso território livre para nossas futuras gerações. Estamos caminhando na construção do nosso plano de vida, discutindo com as mulheres sobre o nosso bem viver, sobre a nossa educação própria, sobre a nossa autonomia. Nós mulheres mostramos nosso trabalho na prática.”, bradaram as mulheres munduruku na carta.


“Vamos sempre decidir por nós, pelo nosso território, pelo nosso rio!” Foto: Movimento Iperegayu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias recentes

Camponesas do MFP em Manga e na área camponesa Vanessa celebram: “Viva o 8 de março dia internacional da mulher trabalhadora!”

Nos dias 6 e 7 de março as companheiras dos núcleos do MFP na cidade de Manga e na área camponesa Vanessa realizaram reuniões em celebração ...